quinta-feira, abril 24, 2014

Decoração: A bandeja foi para o Lavabo







É no lavabo que a saboneteira mais bonita é colocada, aquela toalha de mão charmosa, um vasinho de flores e até outros detalhes decorativos que acabam se tornando inviáveis em outros banheiros da casa. 

O lavabo é um banheiro para olhar e contemplar, também!

Cá para nós: adoro de montão decorar o lavabo. De tamanho diminuto, na maior parte das vezes, é o lugar ideal para colocar aquele papel de parede ousado, uma torneira mais bonita e acessórios charmosos. 

E as bandejas? Uma mais linda que a outra, não é?

Claro que é possível comprar uma bandeja nova pequena, por favor! para acomodar os itens de higiene do lavabo. Mas você pode fazer como eu: resgatei uma bandeja que deve ter, no mínimo, uns 50 anos. 

Quando minha mãe adquiriu essa peça em metal com banho de prata em um bazar beneficente, a bandeja já era bem velhinha e eu tinha menos de sete anos. 

Lembro-me dela decorando a casa, praticamente por toda a minha infância. Depois passeou aqui e acolá. Por fim, estava praticamente abandonada em um cantinho porque acomodava apenas duas xícaras de café e nunca eu tinha apenas duas pessoas para o café, humpf

Anos se passaram, uma parte do banho de prata foi embora com eles, mas a bandeja continuava a ser charmosa com todos os seus detalhes. Eu tirava do armário, limpava, admirava e guardava novamente. 

Decidi "investir" na peça. Pensei em refazer o banho de prata, mas confesso que as marcas do tempo e cara de relíquia do Titanic lhe conferem um charme e lembranças que eu não estava disposta a abrir mão. 

Em outra parte da casa, lá estava aquela bancada imensa, branca e fria do lavabo, a saboneteira e o toalheiro perdidos ali. Casamento perfeito: a bancada fria e impessoal com a bandeja cheia de memórias e marcas do tempo. 

"Bora" investir numa saboneteira mais bonita e com uma carinha vintage? Menos de 20 reais, foi o que gastei nos três frascos acima: o quadrado para aromatizador de ambientes, o de válvula pump para o sabonete e o de válvula spray, em que coloquei uma lavanda bem suave.  

Já aviso que não é jabá, tá? Comprei mesmo os frascos na Casa das Essências, assim como a base e a essência do aromatizador, como faço sempre. Antes, comprava na loja física, sempre que ia ao fórum João Mendes, agora, via internet. Fitinhas, daquela caixa de fitas que todo mundo tem em casa. 

Poderia ter um ataque de glamour, dizer que fui até a loja chiquérrima nos Jardins para comprar a saboneteira, "morri" no antiquário lindo do Jardim Europa ao ver a bandeja e que estava exausta e feliz por ter ido à loja de enxoval da Vila Nova Conceição, onde comprei o aromatizador, "quando veio a ideia desse post". 

Mas é fato! Odeiooooooo de montão quem gosta de "glamourizar" e fica tentando aparentar uma condição financeira que não tem. 

O que eu queria mesmo era mostrar que, sempre, sempre, sempre, (ênfase no sempre!!) é possível nos inspirarmos em alguma ideia ou projeto de revista e adaptá-lo para a nossa condição financeira. Muitas vezes, basta procurar em casa mesmo. 





Gostaram?

Eu gostei. Mas confesso que, agora, meu objetivo é achar uma escova de cabelos vintage, daquelas em metal, bem antigas ou nova com cara de antiga para complementar esse arranjo.  Só invento, né?



Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...