quarta-feira, fevereiro 11, 2015

Para refletir: Para prosperar, arrume!





Já aviso, o post de hoje não tem receitas e regras de decoração, mas é um estímulo à reflexão. 

Começo confessando que eu sou o tipo de pessoa que não presta atenção apenas ao primeiro plano de uma foto, mas o que está retratado lá atrás. Se está limpo, se está arrumado, se tem coisas quebradas e já vou mentalmente e involuntariamente arrumando o que está bagunçado, consertando o que está quebrado e dispondo melhor. Sei lá, me dá agonia, rs.

Um dia desses, no intervalo de um programa qualquer de TV, entrou o teaser de uma série chamada MOM, com a Anna Faris, aquela atriz do Todo Mundo em Pânico. Fiquei surpresa com a bagunça no cenário!

Na série, ela vive uma mãe solteira, ex-dependente do álcool, com uma mãe problemática e cuja vida é uma bagunça!

Aliás, bagunça é a tônica dos cenários na casa da protagonista. Milhares de coisas esparramadas sobre os móveis, bolsa pendurada em arandela, cama desarrumada, gavetas entreabertas, uma cozinha com bancadas entulhadíssimas... Resumindo, o caos. Vejam: 







A casa reflete a desordem na vida da protagonista da série. Mas será que isso só acontece na tv? E por que o nosso inconsciente coletivo sempre associa os personagens problemáticos com ambientes desorganizados?

Para o feng shui e também nos ensinamentos de muitas religiões, o estado da casa reflete o nosso estado de espírito, a nossa capacidade de planejamento, de concentração, de prosperar e ganhar dinheiro, atrai a sorte, melhora a saúde e atrai a felicidade. Se está ruim ou bagunçado, se estende a outros aspectos da nossa vida. 

Na sabedoria nata de nossas avós, também ouvimos diversas vezes que não devemos deixar coisas quebradas em casa ou sujas que dá azar, não é?

A vantagem de ficar mais velho é que observamos muita coisa ao longo dos anos e podemos comprovar se isso é verdade ou não. 

Observando algumas pessoas do meu convívio que estão sempre às voltas com problemas financeiros - não se trata de uma crise momentânea, mas sim das que persistem anos e anos com os mesmos problemas, estagnadas, endividadas, muitas vezes estando empregadas, com renda fixa e até alguma ajuda familiar - um traço comum é viverem em ambientes extremamente desorganizados. A desordem também se reflete em sua vida financeira e, não raro, em seus relacionamentos.

Lembro de uma visita que fiz a um casal assim, pedi para ir ao banheiro, onde havia uma torneira pingando sem parar. Neste caso, nem se trata de uma questão simbólica, eles literalmente estavam jogando a sua prosperidade e dinheiro pelo ralo com a água pela qual pagavam, vazando. Não era só a casa bagunçada, o relacionamento do casal, o diálogo com a filha e mesmo o relacionamento interpessoal deles, além dos aspectos financeiros, parecem presos a um limbo. 

Claro que você não vai ganhar na loteria amanhã se fizer a faxina e organizar a casa hoje. Mas adotando uma nova forma de viver em sua casa, é bem provável que você consiga reorganizar suas prioridades, encontrar novas soluções e eliminar da sua vida o que já não funciona, abrindo espaço para coisas novas e melhores. 

Olhe a sua casa com outros olhos. Ande por ela como se fosse um comprador em potencial. Percorra todos os ambientes e veja se é fácil se movimentar, sem obstáculos, observe tudo o que precisa ser consertado, torneiras pingando, janelas e portas que não se abrem totalmente ou que têm a sua visão obstruída, vá anotando o que você mudaria e ponha as mudanças em prática.

Não dê a desculpa "não tenho dinheiro para arrumar como gostaria". Organizar e limpar não requerem gastos, comece com o que você tem, pois é bem provável que alguns dos itens que sobram em um ambiente, podem ser reaproveitados em outros. 

Veja algumas coisas que tornam a sua casa "azarada" segundo algumas religiões e adeptos do feng shui:

  • Vazamentos de água: mandam a sua saúde e dinheiro pelo ralo. 
  • Janelas obstruídas: impedem que você tenha uma visão ampla de todos os aspectos da sua vida e, portanto, melhore-os. 
  • Portas que não se abrem completamente: não deixam a felicidade entrar. 
  • Manter lixo ou entulho na casa desnecessariamente: tal como o lixo, o relacionamento das pessoas se decompõe também.
  • Evite abarrotar a casa com muitos móveis ou peças grandes demais para o espaço e também não deixe muitos objetos empilhados e amontoados sobre eles. O espaço se relaciona à abundância e entulhar demais pode prejudicar as condições financeiras dos residentes. 
  • A cozinha é a área da fartura e da prosperidade e o fogão é vital nesse processo. Mantenha tudo sempre limpo e arrumado, sem restos de comida e louças sujas. 
  • Objetos quebrados ou que não funcionam simbolizam a sua vida parada, estagnação, incapacidade de evoluir e seguir em frente. Conserte, ponha em uso, venda ou doe, mas mantenha apenas o que você usa e, sempre, em funcionamento. 
Talvez você acredite que tudo isso é uma bobeira sem significado. No entanto, a maioria das pessoas que aplica o feng shui ou princípios de organização de acordo com os ensinamentos religiosos, relata que a sua vida mudou para melhor e que superou problemas difíceis. 

Sendo assim, o que custa tentar? O que você tem a perder? 

Eu, particularmente, acredito e ponho em prática. Mas também porque um ambiente organizado é sempre mais agradável e o que agrada aos olhos, faz bem à alma. 





Falta de grana não é problema. Aprenda a organizar o seu banheiro sem armários.




Imagens deste post e outros ambientes da série MOM, você vê aqui

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...