terça-feira, julho 28, 2009

DECORAÇÃO - ESTILO PROVENÇAL



Um pouco de história

Embora algumas correntes defendam que o estilo Provençal se originou no século XVIII, pela criação dos artesãos franceses, eu defendo a teoria de que o estilo provençal não foi fruto da criação e sim da necessidade (que sempre acaba em criatividade!) dos habitantes mais pobres do interior da França, em especial, a região de Provence, ao sul. Jamais houve a pretensão de criar um estilo!

A tese realista que cultivo é que esse estilo nasceu, sim, no interior da França, não somente a região de Provence, a partir da necessidade das pessoas de reaproveitar as peças de mobiliários que possuíam. A pintura em pátina, então, não seria uma forma de "imitar" o mobiliário dos nobres e abastados, mas sim uma forma de esconder as marcas do tempo e possibilitar o reaproveitamento dos móveis.

Até pelo próprio contexto histórico, creio improvável que um "estilo provençal" tenha sido criado nos séculos XVII ou XVIII, época que antecedeu a Revolução Francesa, cujo fator marcante foi a predominância da pobreza num país rico, onde somente a nobreza vivia de forma abastada.

Essa nobreza tinha acesso ao mobiliário de estilos Luis XIV (que foi o primeiro rei a criar um estilo), XV e Luis XVI e às peças exclusivas de criação de Andre Charles Boulle (cuja influência predominou no Palácio de Versailles por todo o século XVIII), Louis Delanoix, Georges Jacob, dentre outros.

Parafraseando uma grande amiga e adoradora do estilo, os "caboclos" franceses tinham preocupações bem mais consistentes (colocar comida no prato) do que criar formas de imitar o mobiliário dos ricos.

A população rural, exceto a nobreza, era muito, muito pobre. Havia se abatido uma crise agrícola, pois a população aumentara muito e a quantidade de alimentos produzida era insuficiente, agravada pelas geadas e pelo frio, resultando num período de fome (também uma das causas da Revolução Francesa). E quem vivia no interior da França era a população rural - muito pobre e faminta.

Por isso, não creio na "criação" de um estilo provençal.

Bem, sem discussões, essa é minha teoria. Respeito e aceito opiniões contrárias e quem tenha dados a acrescentar que o faça.

O estilo francês do interior (Country French Style)



Nem só de pátinas e florais vive o autêntico estilo francês do interior, cujo termo é mais adequado do que provençal, pois todo o interior da França possui mobiliário de características semelhantes.

O que se percebe são as marcas do tempo e a pintura é apenas uma forma de disfarçar os defeitos da madeira e marcas do tempo.





Toile de Jouy



Atualmente, quando se fala em estilo provençal, pensamos no tecido, de algodão ou linho, com estampas pastoris sobre um fundo claro. Porém, ele nunca fez parte de um estilo provençal.

Cristopher Phillippe Oberkampf criou um sistema de impressão, numa cidade chamada Jouy-en- Jousas, próxima a Versailles, no século XVIII (provavelmente 1770).

Maria Antonieta (uma grande esbanjadora de $$$$, que sabia tudo de festas, eventos, moda e decoração, posteriormente decapitada - hoje ela seria, certamente, personal stylist de alguma celebridade, rsrsrs) escolheu essa estampa para decorar as paredes do palácio de Versailles e foi aí que a estampa ganhou notoriedade.

Posteriormente, as estampas incluíram cenas burguesas, fábulas e fatos histórico, influenciadas, claro, pelo contexto Pós-Revolução Francesa.

Hoje, Toile de Jouy é claramente um sinônimo do estilo provençal.


O atual estilo provençal

Pátinas lavadas, móveis brancos, tons claros e suaves como o rosa, lilás, verde e azul, alguns elementos decorativos artesanais (como lustres em metal decorados com flores) e estampas miúdas sobre fundos claros marcam o estilo provençal atual, comercializado em larga escala em várias lojas de mobiliário.

Na linha de produção, os móveis vieram com linhas mais retas.
Forte tendência em 2004/2005 e desde então tem se mantido como sinônimo de romantismo e opção para ambientes femininos, quartos de bebês e sinônimo de suavidade e aconchego.
Hoje democracia é a palavra de ordem em design de interiores e, assim, qualquer móvel pode incorporar um estilo provençal e não apenas peças desgastadas pelo uso.
Algumas tendências atuais: a substituição dos tons suaves pelos mais ousados, como pink, cinza e roxo e a adoção de estampas maiores e mais escuras.














veja também:

Comentários

Recomendados para Você