terça-feira, janeiro 05, 2010

Como Conservar e Transformar Seus Móveis de Fibra





Móveis de fibras naturais são lindos. Rattan, junco e vime natural podem trazer um pouco da natureza para dentro de sua casa e, com bons cuidados, sua durabilidade pode ultrapassar 15 anos.


O uso de produtos de limpeza, sol, água em excesso e a falta de cuidados podem danificar esses móveis. Por isso, prevenção e cuidados são fundamentais.


O jeito certo de limpar:

Antes de seguir os passos abaixo, verifique sempre as recomendações do fabricante, pois a diversidade de acabamentos pode demandar rotinas de limpeza diferenciadas e específicas. 


Em caso de dúvida, apenas retire o pó como no item 1 a seguir e use um pano úmido.


1- Remova todo o pó acumulado. Para isso, use uma trincha média ou mangueira à pressão (sem água).


2- Esfregue bem o com uma escova úmida. Se preferir (desde que recomendado pelo fabricante) use algumas gotas de amoníaco na água.


3- Depois de seco, utilize um pano molhado com água e sal (para endurecer e esbranquiçar a fibra). Deixe secar e aplique cera natural, utilizando uma trincha.


4- Se a fibra é envernizada ou pintada, após a rotina de limpeza, é recomendável refazer o acabamento.




Dicas: Não deixe os móveis de fibra expostos às intempéries. Use óleo vegetal para prevenir ressecamentos.




E depois de danificado?


As fibras naturais não resistem às intempéries e à falta de cuidados. Mas tem jeito de transformar uma peça judiada e feia em uma nova, mais bonita e graciosa.


- O primeiro passo no processo de pintura é a limpeza cuidadosa. Com um aspirador de pó e escovas de cerdas macias, remova todo vestígio de poeira e sujeiras.


- Providencie para que todo o material necessário esteja à mão: broxa ou trincha, tinta spray ou esmalte, solventes e panos para a limpeza, luvas e jornais ou lona para proteger o local.


- Inicie os reparos necessários, substituindo pregos e parafusos soltos ou apertando-os, consertando partes quebradas e usando massa corrida para tapar eventuais buracos ou depressões.


- Você pode iniciar a pintura com o uso de um primer específico para a tinta escolhida, o que auxiliará na cobertura total e ajudará a economizar tinta.


- Para a aplicação do primer e da tinta (exceto spray), use uma broxa larga e macia, que garantirá que o produto penetre em todas as partes.


- Efetue a aplicação da tinta, generosamente, a fim de que alcance até aquele cantinho mais escondido.


- Aguarde a secagem total e verifique a existência de pontos sem tinta. É natural que após a primeira demão apareçam pontos da pintura anterior. Cubra-os todos com uma segunda demão, evitando assim o aparecimento da cor antiga.


- A tinta spray é excelente para a renovação dos móveis em fibra e de fácil aplicação. O fator desestimulante é o custo mais elevado em relação às demais. Para peças menores, vale o investimento.


- Entalhes, aplicações e curvas requerem maior cuidado e paciência. 


Estas dicas valem para os móveis e também para os acessórios em fibra natural: fruteiras, revisteiros, cestos, gaveteiros... É só escolher o que você transformará.







Comentários

Recomendados para Você