quarta-feira, fevereiro 17, 2010

DECORAÇÃO: COMO USAR CAFETEIRA FRANCESA






Sempre dou uma passeadinha pela loja virtual Biagallo e pelo blog, para conferir as novidades e também os posts da querida Andréa Nolasco, que sempre traz com carinho as novidades da loja e coisas interessantes.

Assim que abri a página da loja, dei de cara com a cafeteira francesa da primeira foto, linda, com um design super moderno e não resisti: resolvi criar um post para falar um pouco mais dessa maravilha e explicar que usá-la não é tão difícil assim.

Apesar de ser uma peça com um preço acessível (o modelo acima, na Biagallo, custa R$ 78,00), percebo que as pessoas têm um certo receio em adquirir a prensa francesa. As pessoas olham, acham linda, mas se intimidam pela ausência de filtros e coadores.

Ao falar em prensa francesa, tenha em mente que você saboreará um café de sabor intenso, forte e robusto, com a retenção de todos os óleos e sedimentos que seriam perdidos na filtragem convencional. Claro, não podemos deixar de lado o estilo: não há bandeja mais charmosa que aquela com uma cafetière e uma xícara de porcelana.


Aprenda a usar:

  1. A escolha do café certo: O pó comum, embora possa ser usado para a cafetière, não é o mais adequado. Como ele é finamente moído, você pode ficar com muitos sedimentos na xícara, interferindo no sabor do café.  Além disso, a manipulação do êmbolo pode ser dificultada pelo café moído demais. Você pode usar o pó para expresso ou adquirir o pó moído na hora, solicitando ao vendedor a moagem "grossa".
  2. Após decidir sobre o pó, comece a manipular a cafetière. Retire a tampa e o êmbolo. Vou usar como medida a cafeteira da Biagallo (600 ml), para tanto você pode usar de 3 a 4 colheres de sopa de pó. Essa não é uma regra absoluta. Conforme as características do pó e seu paladar, ajuste a quantidade.
  3. Nesse ponto, você já deve estar com a água fervente. Para apreciar todo o sabor do café, quando a água começar a levantar as primeiras borbulhas, é hora de desligar. Deixe esfriar por 30 segundos, para evitar a formação de bolhas dentro da cafetière. Quanto mais pura a água, melhor o café.
  4. Coloque água na cafetière o suficiente para cobrir o pó. Dê uma suave mexida com uma colher de café de cabo longo (daquelas também usadas para mexer suco e caipirinha). Só então despeje o restante da água. Vale lembrar: cuidado ao mexer para não danificar o vidro da sua cafetière.
  5. Coloque a parte de cima da prensa, com o êmbolo levantado. 
  6. Deixe o café em infusão por, no máximo, 3 a 5 minutos. Quanto mais grossa for moagem, maior o tempo de infusão. Contudo, é importante não ultrapassar a marca de 3 a 5 minutos, para que o café não fique amargo devido ao longo tempo de exposição aos sedimentos.
  7. Caso você observe que o café ficou amargo demais, é necessário usar uma moagem mais grossa ou reduzir o tempo de infusão. Lembre-se: na cafetière, o café perfeito será conseguido após a familiaridade com o uso do equipamento.
  8. Mexa mais uma vez antes de empurrar o êmbolo, para garantir que o café fique mais encorpado e os sedimentos formem uma mistura homogênea com a água.
  9. Empurre gentil e firmemente o êmbolo. Fique atento para que esteja voltado para o lado certo.
Para saborear:
  1. Despeje o café na xícara bem devagar.
  2. Deixe "descansar" por alguns segundos antes de saborear o seu café. Ao adoçar e mexer, espere alguns segundos, para que os sedimentos se assentem.
Dicas:

- Depois de pronto, não deixe o café na prensa. O ideal é consumí-lo imediatamente, pois o contato prolongado dos sedimentos com o líquido pode amargar o café.

- Não é recomendado também guardar o café de prensa em garrafa térmica.

- Limpe bem a cafetière entre os usos, evitando que resíduos possam macular o novo café. Cuidado ao desmontar a prensa para a limpeza, é preciso garantir a ordem certa dos componentes ao montá-la novamente.

- Algumas pessoas utilizam o bicarbonato de sódio e tabletes para limpeza de dentaduras no processo de limpeza. O ideal mesmo é seguir as instruções que acompanham a sua prensa, para evitar danos às partes em metal.

- Não encha demais e nem pressione o êmbolo com muita força ou rapidez, evitando respingos e queimaduras.













Comentários

Recomendados para Você