quinta-feira, abril 29, 2010

Um último adeus...





Bem, blog é pessoal. Embora muita gente leia blogs em que os autores falam muito sobre sentimentos, o Cores da Casa sempre fugiu dessa linha.

Mas blog é pessoal, sim. E este acaba sendo também, principalmente, por ter uma blogueira só.

E sendo pessoal, não dá para deixar de contar para vocês que estou sem inspiração para blogar. O  blog está sendo atualizado diariamente com as postagens que estavam previamente programadas. Nunca tinha feito isso, mas há algumas semanas me deu um estalo e resolvi fazer...

Meu avô, pai do meu pai, esteve internado nas últimas 3 semanas para a realização de uma cirurgia cardíaca. Infelizmente, não houve o sucesso esperado e ele iniciou a sua derradeira viagem na última terça-feira, às 19 horas - o mesmo horário em que meu pai também nos deixava há quase 5 anos atrás.

Uma pessoa de idade, claro, 82 anos. E essa idade não o impedia de ser cheio de vida, ativo, bem-humorado e bem teimosinho em certas ocasiões.

É impossível não bater a tristeza nessa hora. Resta o consolo de saber que ele viveu a sua vida plenamente, teve a alegria de conviver com seus filhos, ver nascer os netos e os bisnestos, com saúde e lucidez. Claro, que também teve as suas tristezas... Quem não as tem?

Estou em um momento muito triste. Nos últimos 5 anos, perdi meus avós paternos e meu pai. A sensação é de quem perde o passado. Olho para trás e é como se não enxergasse minhas origens, praticamente como se tivesse surgido de lugar algum, sem saber para onde vou.

Não acredito na morte como um fim, tenho plena certeza de que a alma é imortal. Mas é humanamente impossível não ter tristeza nessa hora, não é?

Beijos a todos.





Comentários

Recomendados para Você