quarta-feira, julho 21, 2010

DECORAÇÃO: COMO COMBINAR O RACK NA COR PRETA



Há algum tempinho, a Nina mandou um e-mail pedindo dicas e ideias para uma sala em estilo provençal. Hoje, abri um e-mail dela dizendo que o maridex não topou o estilo e ela acabou comprando um rack e prateleiras em tom preto.

Qualquer semelhança com outras mulheres cujos maridos "brecam" projetos de decoração é mera coincidência, ok?

E aí, ela pediu dicas de como compor sofás, cores e objetos com um rack preto. Isso será bem fácil e legal, já que o preto aceita inúmeras combinações de cores e estilos.

As dicas a seguir também podem ser úteis para quem possui móveis em madeiras escuras, como ipê, embuia, mogno,

A primeira dica para a Nina é com relação às cores de uma forma geral. Como ela escolheu o rack e as prateleiras nesse tom, é preciso valorizá-lo.

Para isso, minha sugestão é evitar tonalidades e tons muito fortes em outras peças maiores do living, como por exemplo, um sofá e uma grande mesa de centro, um tapete, etc. Crie contraste.

Os móveis de tonalidades mais escuras são incrivelmente realçados quando peças mais claras estão por perto. É o que aconteceu nessa foto: as tonalidades off white e branca presentes no restante, valorizam o conjunto da sala de jantar.


Para paredes, prefira tonalidades mais clarinhas, como os tons off white, cinzas e azuis claríssimos. O resultado é bonito, elegante e resiste aos modismos.

Além disso, essas cores contrastam levemente com teto, portas e janelas brancas.

Aproveite para colocar as cortinas acompanhando a tonalidade das paredes ou brancas mesmo e deixe detalhes mais marcantes para peças menores. 

É claro que realçar uma parede com uma cor ou material diferente produz um bonito efeito. Pode ser a parede atrás do rack. E como a Nina mora nos EUA e lá existem papéis de parede belíssimos a preços super em conta, minha sugestão é exatamente essa.



Opte por cores que destaquem o móvel à frente. Não precisa se ater aos modelos com tonalidades em preto e branco. Existem opções muito bonitas com texturas imitando tecido, relevos, seda... Na escolha das cores, prefira tonalidades que contrastem com o móvel ou aposte nos tons neutros, que ficam bem elegantes ao lado de móveis escuros.




As pinturas decorativas que imitam a aparência do concreto, aço escovado e camurça também ficam bem interessantes se usadas ao fundo da parede do rack.



Quanto ao sofá, opte por modelos mais atuais, com linhas retas e braços baixos. Modelos com chaise podem e devem ser usados por quem tem ambientes espaçosos. Opte por tonalidades mais claras e neutras. Tecidos como o linho, a camurça, seda são boas opções. Aproveite para colorir e estampar as almofadas sobre o sofá.

Como a mesa de centro e o móvel de tv são peças que ficam próximas, eu evitaria o "conjuntinho", ou seja, escolher mesas de centro e laterais no mesmo material daquele móvel. Peças com espelhos, coloridas ou mesmo aquelas cujo design é bem conhecido ajudam a compor um ambiente contemporâneo.







Ao optar por um tapete, continua valendo a dica para combinar as cores e criar contraste entre piso x tapete x sofá, para que a decoração não fique parecendo um bloco só e sem vida.

Acrescente detalhes únicos ao seu ambiente com plantas, objetos e quadros dos quais você gosta.


Comentários

Recomendados para Você