segunda-feira, outubro 04, 2010

DECORAÇÃO: POR DENTRO DO PALÁCIO DA ALVORADA I




Não vou comentar o resultado das eleições, afinal, o voto é secreto!

Porém, como o assunto do dia é eleição, que tal falar um pouco sobre a casa do futuro presidente?

Além de ser a residência oficial do Presidente, há muito mais história a ser conhecida sobre o Palácio e sempre houve muito mais a ser visto do que o Collor descendo a rampa ou fotos da D. Marisa na festa de aniversário.

O Palácio da Alvorada foi o primeiro edifício a ser inaugurado em Brasília, em 1958. Projetado por Oscar Niemeyer, é um ícone da arquitetura moderna brasileira.

O formato dos pilares externos tornou-se a marca e o emblema do DF. É uma construção revestida de mármore branco e vedada com cortinas de vidro, que  proporcionam integração entre o exterior e o interior. Se você é estudante de arquitetura ou quer saber detalhes técnicos sobre a sustentação, não deixe de ler esse post do blog Discutindo Arquitetura. 

O Palácio conta com inúmeras obras de arte de autores brasileiros e estrangeiros consagrados. Os jardins, por exemplo, foram concebidos por Burle Marx. Na parte externa, ainda, é possível admirar "As Iaras", escultura de Ceschiatti.


A Biblioteca do Palácio da Alvorada foi inteiramente reformada em 2005, a um custo de 700 mil reais, segundo informações veiculadas na imprensa. Tem um acervo de 33 mil volumes, desde recortes de jornais a livros. É possível encontrar coleções de Leis do Brasil, Diário Oficial da União e até o discurso dos presidentes do Brasil.

Ainda na biblioteca, a tapeçaria Músicos, de Di Cavalcanti, realizada sob incumbência de Niemeyer.


O salão de banquetes do Palácio foi concebido por Anna Maria Niemeyer (única filha de Oscar Niemeyer e grande colaboradora em vários projetos). Ela foi responsável pela ambientação e pelo design das cadeiras. As duas arcas datam do ínicio do século XX. As tapeçarias (Saudades do Meu Jardim I e II)  são de Concessa Colaço. As pratarias vieram do Palácio do Catete - RJ.

Logo voltarei com mais posts sobre esta monumental obra de Niemeyer.




Comentários

Recomendados para Você