segunda-feira, maio 31, 2010

Ideias da Casa Cor








Não curto muito falar sobre feiras e eventos do ramo, porque 99% dos blogs e sites cujo tema central é decoração falam sobre isso. Mas quando o assunto é Casa Cor, não falar é impossível. 

Nada de jornalismo, isso deixo para o CASA, que está fazendo a cobertura completíssima do evento. Você pode conferir aqui.

O fato é que me surpreendi com algumas ideias, digamos, mais econômicas, que pintaram nessa mostra e resolvi postar os meus comentários, com as imagens do CASA.

Mesmo envolvendo materiais mais caros, o grande impacto desses projetos reside em soluções e materiais mais acessíveis.

Então, vamos lá:


Madeira de pallets no piso e caixas de plástico substituindo as gavetas e portas do antigo buffet, dão o tom do projeto do escritório Whydesign, cuja proposta é rediscutir o jeito de morar. Amei a gravura amarelada e com as marcas do tempo.


Ideia simples e bacana da paisagista Gigi Botelho, que repaginou os vasos de cerâmica com listras pretas e brancas. Se você também quer transformar os seus, dê uma olhadinha nas ideias que demos nesse post aqui.




A incrível combinação de cores, materiais e padrões nas almofadas do ambiente de Clélia Regina Angelo, responsável pela cor e alegria no ambiente onde predomina a madeira.



Uma cadeira Luis XV sempre está presente num evento como esse. A grande ousadia de Ana Bartira Brancante foi usar paetês no estofamento. Com certeza, essa escolha fez toda a diferença no projeto.



Um simples painel de MDF preto acima do sofá fez toda a diferença no ambiente idealizado por Leonardo Junqueira. Deu profundidade e impacto às obras de arte.

O efeito de brilho dourado no antiquário de Carlos Lima ficou a cargo das milhares de folhas de papel reciclado utilizadas nas paredes.



Na pequena loja do Lar Escola São Francisco, Marília Caetano e Maria Claudia Cunha brincaram com as estampas, texturas e cores, nas cúpulas das luminárias. O balcão vermelho-bordô laqueado é uma solução econômica e de muito impacto. 



 

50º Dia - Mudar para Valer






Hoje chega ao fim a nossa série especial com posts para MUDAR A CASA EM 50 DIAS. 

Por isso, vou me permitir a edição de um post um pouquinho mais longo que os demais.

Nos dias anteriores, conferimos apenas algumas ideias para mudar o clima do seu lar, sem transformações radicais e de alto custo. Com certeza, o seu olhar treinado e a sua disposição encontrarão pelos menos centenas de outras mudanças possíveis.

O problema é que, na correria do dia-a-dia, muitas vezes não temos tempo para lançar um olhar diferente em nosso ambiente ou sobre nós mesmos. Com isso, deixamos de avaliar não só uma, mas milhares de oportunidades para melhorar em todos os aspectos da vida.

Assim, a minha dica para o 50º dia é reservar um momento especial para si mesmo. Pode ser um banho relaxante, uma limpeza de pele ou máscara caseira para hidratação ou apenas um período para sentar e descansar, durante 15 minutinhos - relaxar de olhos fechados.

Ponha uma música suave, acenda um incenso ou vela perfumada, vista uma roupa leve, tire os sapatos, fique só.

Ficar só por alguns instantes é um luxo nos dias de hoje. Ter o domínio exclusivo sobre os nossos próprios pensamentos idem.

Por isso, permita-se esse prazer. Tanto a maior quanto a menor das transformações começa em um pensamento.

Mudar a nossa forma de olhar as coisas é fundamental. Começando por dentro, a transformação da casa vem naturalmente.

Beijos a todos e espero que tenham gostado da nossa seleção especial.



domingo, maio 30, 2010

Cores da Casa no Nós Lá em Casa



Sei que o título do post ficou meio confuso, rsrs.

Depois de 10 horas de parque de diversões acompanhando quatro crianças entre 4 e 8 anos, a coisa está feia para o meu lado. Então, até o cérebro está dolorido e preguiçoso nessa hora, não me permitindo pensar em nada melhor.

Mas o post é para colocar o link do meu post para o blog da revista Minha Casa, o Nós Lá em Casa.

É um blog muito bacana, colaborativo, que reúne posts de todos os blogueiros da rede do CASA, provando que, quando as pessoas se unem, todo mundo ganha. Acompanhem.

Para ler na íntegra o nosso post, basta clicar sobre o título dessa postagem e você será direcionado para a página do CASA.COM.BR.

49º Dia - Cara Nova para a Cortina



acessórios para cortina
Naturalmente, a primeira dica para mudar o clima de um ambiente seria mudar as cortinas. Em ambientes de menor tamanho, a escolha de uma cortina clara, fluida, ajuda na sensação de amplitude.

Porém, se trocar a cortina está fora de questão, você pode atualizar o modelo com o uso de recursos simples, como pintar o varão, usar apenas um par de ponteiras diferentes, investir em abraçadeiras bonitas para manter as cortinas abertas, pingentes e vários outros acessórios que você encontra em lojas especializadas.

Para atualizar o modelo, você pode fazer uso de aplicação de fitas largas na barra, em degradê ou em um tecido contrastante.

sábado, maio 29, 2010

48º Dia - É Hora do Banho




toalha personalizada



Há toalhas de banho magníficas nas lojas. O chato é que muitas vezes o preço é impeditivo aos pobres mortais.

A boa notícia é que qualquer toalha mais "safadinha" pode virar uma peça mais nobre e bem mais bonita. A dica é comprar barrados de bordado inglês, que custam em torno de 1 real o metro, e costurar às toalhas.

Renda de algodão e guipire também são boas opções para as toalhas de mão e de rosto.

Para incrementar ainda mais, você pode bordar monogramas ou então comprar os monogramas prontos, que podem ser fixados com cola pano ou costura.

Seu banheiro ou lavabo ficará bem charmoso.

sexta-feira, maio 28, 2010

TEMOS QUE APRENDER A DIZER NÃO À FALTA DE CULTURA!




Há tempos venho boicotando a programação das redes de televisão nacionais, à exceção de alguns telejornais, por conta da péssima qualidade dos programas produzidos, que, cada vez mais privilegiam a falta de cultura, as diferenças sociais e o enquadramento preconceituoso do ser humano em rótulos como brega, rico, pobre, cafona, burro, gostosa, etc.

Ontem, como não prestava muita atenção à televisão, ela acabou ligada na Globo, porque eu, depois de muito tempo, resolvi assistir o programa a Grande Família. Adoro o Pedro Cardoso e o Marco Nanini.

Aí fiquei eu, esperando o programa, de olho na novela Passione. Nota 1000 para Fernanda Montenegro, Tony Ramos e todos aqueles atores maravilhosos que estão na trama. Mas esse não é o foco do post.

Confesso que a curiosidade me motivou, porque há alguns meses, vi em uma revista aqui do bairro que alguns núcleos seriam do Tatuapé, o bairro em que moro.

Assistindo à novela, entretanto, prevalece aquela velha fórmula de novela que se passa em SP: rico mora no Morumbi, pobre mora na Zona Leste e pobre que ficou rico, mora no Tatuapé. 

O rico que mora no Morumbi, mesmo sendo mau caráter, como aparentemente é o personagem vivido por Werner Schunemann (grande ator!), mora em um apê super bem decorado, com as últimas tendências em design, chiquérrimo. Maitê Proença é ninfomaníaca, mas a sua infidelidade é vivida com extremo bom gosto, em tardes agradáveis com mocinhos bonitos no Hotel Emiliano.

Talvez no Emiliano, traição não seja traição. E talvez no Morumbi, as desonestidades sejam apenas ossos do ofício.

O núcleo da família pobre que ficou rica, cujo patriarca é Francisco Cuoco, mora no Tatuapé e tem uma casa decorada com o fino do mau gosto: sanca de gesso colorida, um sem número de objetos feios,  roupas horrorosas e maus modos. Aliás, a depreciação vem também na forma jocosa com que é tratado o ganha pão da família (reciclagem de lixo) e na educação da personagem de Gabriela Duarte (uma inútil casada com um italiano michê disfarçado de marido). Nem a mulher do cara pode prestar, é uma secretária que deu o golpe do baú. Tudo desfilado em sets de extremo mau gosto.

Enquanto isso, os "filhos" do núcleo rico voltam dos estudos em Paris, são ciclistas, pilotos de competições, etc.

E veja que mesmo pobre do Morumbi, filho do chofer dos ricos, interpretado pelo marido da Maya na outra novela (ah, sei lá o nome dele, um bonitão qualquer) teve mais oportunidade: é executivo na empresa do núcleo rico e disputa a namorada com o filho da patroa.

Já os filhos de pobre, mesmo da Vera Holtz, cujo personagem "rala prá caramba", não têm jeito, ou viram subalternos ou trambiqueiros. Já mencionei também o caso da personagem da Gabriela Duarte, cujo dinheiro não comprou cultura. O núcleo pobre da novela que vive no Tatuapé e adjacências, tem cafetina e trambiqueiros (Daisy Lúcidi, Reinaldo Gianechinni e Mariana Ximenes), cujas casas, claro, encerram que é impossível pobre ter bom gosto.

Por que isso? Será que alguém que não nasceu rico, mas ficou depois, não pode desenvolver o gosto por ambientes bem decorados, peças de design e tendências de moda???

Por que filho de pobre que ficou rico não pode ter capacidade para também buscar estudo fora do País, ter gosto por esportes e capacidade para ocupar um bom cargo em uma empresa qualquer?

Conheço centenas de "pobres" da Zona Leste que hoje têm cargos importantes, de direção, em empresas expressivas na economia do país.

"Pobres" da zona leste que investiram cada centavo que ganharam para proporcionar aos filhos estudo e cultura, reconhecendo isso como os únicos elementos transformadores do ser humano e da sociedade.

Filhos de "pobres" que ficaram ricos e que também aprenderam que o estudo é sempre a melhor opção, seja no país ou fora dele.

Ah, e também essas pessoas aprendem a desenvolver o gosto pelo bom, sabem apreciar tendências de moda e design. Também podem ter casa bonita. O bom gosto não é limitado pelo dinheiro que temos no bolso, apenas o nosso poder de compra.

E também conheci rico de berço do Morumbi que detonou o dinheiro da família, não concluiu os estudos, seja aqui ou em Paris e vive de golpes e trambiques em geral. Tem rico que fica pobre também.

E tem pobre que apenas aparenta ser rico, às custas de imóveis penhorados por dívidas, não pagando os funcionários da empresa que gerencia, andando em carros com ordem de busca e apreensão e se fazendo passar pelo que não é. Mas mora no Morumbi.

Na novela do Silvio de Abreu, entretanto, as safadezas dos ricos podem ser em ambientes de extremo apuro. Já a dos pobres, tem como pano de fundo os lugares mais sórdidos da novela.

Por que as novelas do Silvio de Abreu nunca retratam o contrário? Convido todos a fazerem essa retrospectiva e lembrarem das novelas que o autor escreveu ao longo dos anos e verificar o comodismo dos personagens rotulados.

Que tal se a televisão invertesse as coisas apenas um pouco?

Já que a televisão está presente em 90% dos lares brasileiros, seria útil inverter essa realidade apenas um pouco, apenas o suficiente para ensinar ao País inteiro que com estudo, condições dignas de moradia, trabalho regularizado e legal, segurança e saúde, TODOS, do extremo sul ao extremo norte, podem ter acesso aos bens de consumo e a tudo que apenas os "ricos do Silvio de Abreu" têm. 

Aí, me pergunto, se até eu, uma filha de "pobres" que ensinaram ser a cultura o bem mais valioso da vida, posso raciocinar e compreender isso, porque um escritor de novelas midiático não pode???

Ah, ele pode! Mas talvez seja interessante manter mesmo um exército de ignorantes, para continuar elegendo os mesmos corruptos de sempre e assistindo os mesmos programas sem qualidade de outrora.

O trabalho é menor: basta apenas mudar os nomes, mas os personagens são sempre os mesmos de outras estórias já contadas.

Minha indignação. Não sou fã de novelas, não sou fã de Silvio de Abreu. Não sou fã de quem não tem nada de novo a ensinar.


REVESTIMENTOS ESTAMPADOS PARA BANHEIROS, COZINHAS E LAVABOS





As lojas de materiais estão repletas de novidades em revestimentos. Depois de décadas "exorcizadas" da decoração, as peças com estampas voltam à cena.

Na última edição da Revestir, cujos lançamentos você confere nessa matéria completa do CASA, as estampas e os brilhos apareceram sem medo nos revestimentos.

Mas na hora de usar, a história é bem outra. Por receio de ficar com um ambiente "fora de moda", às pessoas ainda acabam apostando no bom e velho "branquinho e neutro". A maior ousadia ainda tem ficado por conta dos detalhes em pastilhas de vidro ou festonês cerâmicos.

Confira a seguir algumas dicas para perder o medo e ousar na hora de escolher o seu revestimento.


Madeira no banheiro? Até há pouco tempo atrás, essa ideia era rapidamente descartada pelas exigências de manutenção do material. Com os novos revestimentos cerâmicos que reproduzem a madeira, isso deixa de ser um problema. As peças cerâmicas que imitam a madeira podem proporcionar a mesma sensação de aconchego, com fácil manutenção. A dica é usar em pequenas doses e combiná-las a outros revestimentos mais claros, para não escurecer demais o ambiente.



Os revestimentos retrô também estiveram em alta. Nessa categoria, os florais se destacam. Para usar a tendência em uma ambientação mais contemporânea, o segredo é combinar essas peças à cubas e vasos sanitários de design mais moderno.

Se a ideia for reproduzir mesmo um ambiente com carinha de década de 40, não tenha medo e aposte nas peças com design mais clássico e requintado.


Escolher apenas um local para "estampar" e destacar é sucesso na certa. Pode ser a área da bancada da pia, o interior do box, uma faixa correndo todo o ambiente, etc. Isso garantirá que o ambiente permaneça atual por bastante tempo e evita que as padronagens se tornem cansativas.


O tamanho do ambiente também deve ser levado em consideração. Espaços maiores permitem ousadias maiores, já em espaços menores, as peças estampadas ganham um efeito mais bonito se o espaço de sua utilização for reduzido a, no máximo, 1/3 do total. Isso é o suficiente, por exemplo, para você destacar a parede de fundo de uma banheira e incrementar a área do box.

 
Mesmo no caso das peças estampadas, eleja tonalidades dominantes. Faça assim: imagine o "clima" que você gostaria de imprimir ao seu ambiente: neutro, energizante ou calmo? Seguindo essa linha, procure por tons na cartela de cores que provocam essas sensações.

Depois, escolha o seu revestimento estampado pela tonalidade que mais sobressai ao olhar.

Entre os "branquinhos" e "neutros" é possível encontrar peças diferenciadas pela sua textura ou por estampas em tom-sobre-tom ou relevos que as tornam diferenciadas ao olhar e/ou ao toque. Invista sem medo nessas peças, pois elas costumam resistir às passagens do tempo.  

Atenção: no caso das peças com mais detalhes, tome cuidado para não poluir demais o visual, evitando usá-las em todo o ambiente.


Peças de menor tamanho, como as pastilhas estampadas também ficam muito bonitas se forem distribuídas aleatoriamente por uma parede inteira ou apenas acima de uma bancada. Esse pequeno truque permite uma economia maior de peças (e de $$$) em comparação com as faixas percorrendo todo o ambiente e às paredes inteiramente revestidas com o material. O resultado estético é muito bonito e você não enjoará tão fácil das peças estampadas.


Combinar peças mais ousadas, estampadas ou de tonalidades fortes com outras lisas e de tons neutros também é uma opção boa para revestimentos.


Ambientes como lavabos, halls e corredores, em que a permanência é menor, aceitam bem as combinações, padrões e cores mais ousados. Nos ambientes de uso diário e prolongado, procure opções e combinações que não sejam tão enjoativas.

Mais ideias para inspirar a sua escolha:






47º Dia - Leve os Móveis para o Banheiro



Dia desses, aconselhei uma amiga a usar uma penteadeira antiga como apoio para a cuba no lavabo imenso que ela tem.

Nada mais justo, já que ela iria se desfazer do móvel porque o tampo estava danificado e manchado. Além disso, procurava uma solução estilosa para o lavabo de 4x4 com chão de ladrilhos hidráulicos originais da década de 40.

Essa transformação é muito simples, basta fazer os furos necessários à passagem da tubulação. Depois, caso resolva reaproveitar o móvel em outro lugar, é só usar um tampo de mármore (diga-se, ficam magníficos com móveis antigos).

O melhor de tudo é que as tubulações ficam escondidas e há lugar para as toalhas e itens de higiene (ah, se em meu lavabo coubesse!).

quinta-feira, maio 27, 2010

46º Dia - Tapetes e mais tapetes




Poucas coisas mudam tanto a decoração quanto um tapete. Para vocês terem uma ideia, outro dia coloquei meu tapete na posição errada, com o lado mais estreito sob o sofá. Nossa!!! O resultado foi desastroso, a sala ficou parecendo apertada demais.

Se os seus móveis aparentam estar meio perdidos, experimente colocar um tapete sob eles. Uma dica: na sala, utilize um tapete que acomode a maior parte dos móveis sobre ele. O resultado será incrível.

E se a grana está curta e não dá para investir naquele modelo especial, vá de fibra natural. Os tapetes de sisal natural combinam com quase tudo, possuem uma grande variedade de cores e padrões e podem ser combinados à bordas de couro, de sarja, estampadas, etc.


quarta-feira, maio 26, 2010

Maison Du Chocolat





Inspirações para decorar o nosso lar vêm de toda parte. Ora, quem não tem em sua casa um cantinho de um país distante, de uma cidade que visitou, de um lugar que já morou?

A sensibilidade aflora a cada vez que nos deixamos inspirar por novas ideias, pessoas e lugares.

Por isso, hoje vou indicar que todos leiam o blog de uma amiga querida, a Patrícia Mirella.

Com muito carinho, ela resolveu mostrar e contar um pouquinho do belíssimo lugar em que vive, a Bélgica.

Visitem, cadastrem-se como seguidores e curtam muito as inspirações que a autora nos traz. É só clicar MAISON DU CHOCOLAT.

"Roubei" essa foto dela para inspirar o nosso post. Olha que coisa linda: flores com essa paisagem de fundo.




45º Dia - A partir de 1,99




Não tenha medo de garimpar objetos em lojas populares ou nas famosas lojas a partir de 1,99. Com certeza, você encontrará objetos que podem ser transformados e usados de uma forma bem legal.

Por exemplo, as molduras para fotos, encontradas por preços bem em conta nessas lojas, podem receber cartões postais de diversos lugares, dando origem a uma composição bem interessante na sua decoração.

Em se tratando de decoração, uma boa ideia rende resultados melhores do que simplesmente ter dinheiro no bolso.

terça-feira, maio 25, 2010

44º Dia - Não tema o Mico




As pessoas são rápidas em rotular o mundo, as coisas e as outras pessoas. Isso é brega, aquilo é cafona...

Não raro você se depara com uma página de revista com o pinguim de geladeira, o trilho de mesa em crochê, a almofada de babadinhos, o porquinho cofre e ... tudo está absolutamente lindo.

O brega, o inusitado e o vintage sempre costumam produzir bons resultados em se tratando de decoração. Por isso, não tenha medo de usá-los. O truque é tirá-los daquele contexto tradicionalmente conhecido, como o pinguim da foto, que saiu de cima da geladeira para virar saboneteira.





segunda-feira, maio 24, 2010

43º Dia - Pé para Fora






Na correria do dia-a-dia, muitas vezes é comum pensarmos que a nossa casa é só da porta para dentro.

Mudar esse pensamento pode fazer uma enorme diferença na nossa vida. Criar um canteiro ou plantar uma árvore na calçada pode mudar a nossa forma de ver as coisas - e também a dos vizinhos.

Que tal combinar com os vizinhos a pintura da fachada para criar uma rua mais bonita e alegre? Juntar as forças e os recursos para construir calçadas sem emendas, sem degraus e ondulações pode ajudar muitas pessoas com dificuldades de locomoção e estimular um passeio a pé.

A calçada é larga? Que tal pedir autorização à Prefeitura para instalar um banco, que poderá estimular o convívio entre os moradores da rua?

domingo, maio 23, 2010

42º Dia - Jardim na Janela




Temperos são ótimos para serem cultivados na sua janela da cozinha. Por menos de 1 real é possível encontrar mudinhas de manjericão, hortelã, alecrim e outros. Basta regar todos os dias e logo, logo, a sua comida terá um gostinho bem especial.

Não quer os temperos? Experimente colocar na janela as plantinhas "suculentas" e cactos. Não precisam de muita água e adoram sol.

Se você mora em apartamento, não precisa se privar da companhia da natureza. Com rede nas janelas, não tem perigo do vaso cair.

Outra opção é instalar uma prateleira do lado de dentro da janela.


sábado, maio 22, 2010

41º Dia - Exercite as suas Habilidades




Você faz tricô ou crochê? Sabe manusear o tear? Pois saiba que as peças feitas à mão são uma super tendência na decoração da casa.

Então, não perca tempo e mãos à obra. Almofadas de tricô ficam um charme na sala.

sexta-feira, maio 21, 2010

40º Dia - Pinte o Tapete




Cansou do tapete liso? É fácil renová-lo. É só delimitar ios espaços com fita crepe e usar tinta spray para pintar.

O lindo tapete de listras que você gostou na loja está a apenas um passo da sua criatividade.

quinta-feira, maio 20, 2010

39º Dia - Clássicos Pedem Tonalidades Fortes




Um sofá ou cadeira clássica ficam lindos com um novo revestimento. Escolha um tecido bem bonito, em tonalidades marcantes, como o pink, o verde limão e o azul royal.

Não tenha medo de ousar também nas paredes com cores contrastantes.

quarta-feira, maio 19, 2010

38º Dia - Cole




Ora, adesivos nas paredes já deixaram de ser uma novidade. Mas continuam um bom recurso para dar vida nova àquela parede sem graça.

Para sair do comum, experimente criar composições diferentes com os adesivos, como, por exemplo, repetindo o motivo em toda a parede (quem olha sempre fica na dúvida: é adesivo ou papel de parede?) ou incorporando o tema do adesivo a um móvel ou outro detalhe presente naquele espaço.

E para quem quer as últimas novidades, os adesivos de acrílico espelhado são o hit do momento.


terça-feira, maio 18, 2010

37º Dia - Anote tudo




Passe em uma loja de material para artesanato, compre um daqueles baús para brinquedos (disponíveis em uma variedade enorme de modelos e tamanhos) e pinte com tinta esmalte verde escuro ou preto.

Pronto, você acaba de transformar a peça em uma divertida brincadeira. Que tal ir desenhando as peças à medida em que estiverem sendo guardadas?



Ah, não tem filhos? A ideia é boa mesmo assim, aproveite as caixas na lavanderia, para roupa suja e roupa para passar.

segunda-feira, maio 17, 2010

36º Dia - Descombine-se




Para você mesas e cadeiras têm que ser um jogo? Sofás só em pares? Móveis de mesmo estilo e idade e, de preferência, comprados na mesma loja? Madeiras todas da mesma tonalidade?

Se você disse sim a uma dessas perguntas, precisa rever seus conceitos. 

A ordem é descombinar. Acredite, é isso que dará aquele toque especial à sua casa.

Não tenha medo de resgatar peças antigas ou de comprar aquela mesa pela qual você se apaixonou mas deixou de lado porque ela não combina nada com a sua casa. Peças de diferentes estilos produzem resultados lindos quando estão juntas.

Combine o novo e o antigo para produzir um ambiente maravilhoso.

Se você tem dúvidas de como fazer isso, pode começar comprando o livro cuja capa ilustra esse post, por $10.

domingo, maio 16, 2010

35º Dia - Pufe




A grana curta, não encontrar o modelo certo, o acabamento errado, o preço... Muitas vezes, escolher mesas de cabeceira, de centro e laterais para o quarto e a sala é tarefa das mais árduas.

Mas você já reparou na enorme e imensa variedade de pufes que são comercializados nas lojas e, às vezes, até nos cruzamentos?

Um pufe (ou dois menores) pode ser uma ótima solução para a mesa de centro da sala. Para apoiar os objetos, use bandejas. Escolha uma cor que contraste com o sofá ou um bonito revestimento estampado e pronto.

No quarto, faz bonito como mesa de cabeceira ou lateral naquele cantinho de leitura. 

Em espaços pequenos, evita caneladas. Os modelos com baú ainda ajudam a esconder toda a bagunça.

  






sábado, maio 15, 2010

34º Dia - Visite uma fábrica



Ok, o título é apenas para chamar a atenção. Você não precisa, literalmente, visitar uma fábrica. 

Porém, algumas peças utilizadas em ambientes industriais podem compor uma decoração interessante e nada monótona. As luminárias, devido ao tamanho, geralmente, fazem bonito em salas de jantar.

sexta-feira, maio 14, 2010

33º Dia - Arte Barata




Páginas com ilustrações, retiradas de livros ou revistas, aquele poema predileto, uma crônica, uma foto de revista, tudo isso pode se transformar em um quadro.

 Os quadros na parede não precisam necessariamente de uma assinatura renomada.

As molduras prontas ajudam você a enquadrar itens muito legais e podem preencher as paredes com muito charme.

quinta-feira, maio 13, 2010

32º Dia - Recicle o Vidro de Perfume




Confesse: você não fica com dó de jogar os vidros após o fim dos perfumes?

Reaproveite-os. Tire a tampa, lave bem com água e sabão, enxague com água quente e transforme-os em vasinhos para flores.

Você pode usá-los no lavabo e também na bandeja ao servir o café. As visitas não esquecerão!

quarta-feira, maio 12, 2010

31º Dia - Organize a Chegada e a Saída




Um lugar para colocar a bolsa na hora em que você chega... A chave que você nunca encontra na hora de sair... O carregador do celular que cada dia está em um lugar...

Se estes são dilemas comuns no seu dia-a-dia, crie um espaço próximo da entrada para organizar essas miudezas. 

Pode ser a gaveta de um móvel qualquer, um cabideiro charmoso, cestos de vime, um espaço na lavanderia, ganchinhos na parte interna de um armário ou mesmo uma charmosa caixa de madeira.

Além de deixar tudo sempre à mão, você acaba com as chaves, óculos e celulares sobre os móveis   do living e do jantar (o que, diga-se, é horrível e acaba com a decoração!).





terça-feira, maio 11, 2010

Blogs Amigos



Como vocês podem ver na barra lateral, coloquei o link com imagem para o blog Um Brinco, em virtude da parceria que fiz com a Verônica.

Funciona assim: eu divulgo o blog Um Brinco aqui no Cores da Casa e vice-versa, com o objetivo de incrementarmos mutuamente as visitas para os dois blogs.

Cheguei à conclusão de que isso é muito mais legal do que eu colocar a extensa relação dos blogs que leio, na lista aí do lado, muitos dos quais nada interessantes para os leitores do Cores da Casa.

Além disso, observei que muitos autores de blogs para os quais gerávamos visitas não se importavam muito com essa audiência, pois usavam outros mecanismos de divulgação para seus blogs. E outros que gostariam de ter mais visitas ficavam preteridos.

Esse método é mais justo, especialmente, porque dá para personalizar o link com o próprio logotipo do blog.

Então, fica o convite. Se você quiser colocar seu bloguito aqui no Cores da Casa, é só mandar um e-mail, com o seu logotipo, para incluirmos na nossa relação de Blogs Amigos. Em contrapartida, é só divulgar o Cores da Casa.


Beijocas a todos




30º Dia - Sofá Novo




Um sofá detonado na sala acaba com a casa inteira. 

Mas você não precisa se descabelar se a grana estiver curta e não puder comprar um novo.

Muitas vezes, uma limpeza resolve. Além disso, as capas são ótimas soluções. 

E se não der para providenciar uma capa, não se acanhe, use uma bonita colcha ou tecido sobre o sofá.



segunda-feira, maio 10, 2010

29º Dia - Nada de Coisas Quebradas




Minha avó sempre diz "coisa quebrada dentro de casa dá azar". Acho que ela está certíssima.

Se a peça pode ser consertada e reaproveitada, não pense duas vezes. Mas se realmente não tiver jeito, dê fim.

A sua casa é um reflexo da sua vida. E ninguém quer uma vida toda cheia de cacos quebrados, bagunçada e estraçalhada, quer?




domingo, maio 09, 2010

DECORAÇÃO: ARDÓSIA EM VERSÃO MODERNA





O absolutismo está out. Vivemos uma ótima fase em tendências de decoração, em que, finalmente, se reconheceu que é possível viver com beleza e conforto sem mudar a casa a cada novo lançamento.

Por isso, vou aproveitar para fazer justiça à ardósia, banida da casa em detrimento de pisos cerâmicos e porcelanatos que, muitas vezes, não superam as características de durabilidade da pedra.

Para começar, que tal bons exemplos de uso?


































Recomendados para Você