segunda-feira, fevereiro 07, 2011

DECORAÇÃO: DICAS PARA ESCOLHER O APARELHO DE AR CONDICIONADO



(Imagem: Gree)

Com esse verão todo, nada mais gostoso do que entrar (e permanecer!) em um ambiente com temperatura controlada e aquele ar geladinho, não é?

Mas você sabe escolher o modelo ideal? E como usar o aparelho sem desperdício de energia elétrica? O que é BTU? Tem que fazer manutenção?

Confesso que eu também não sabia muito, mas blogar é aprender. Pesquisei e vou contar tudinho para vocês, agora:

Para começar falar em instalar um ar condicionado no seu ambiente, você precisa saber qual a potência necessária para um equipamento elevar a temperatura do ambiente. BTU é a sigla para British Thermal Unit e significa a quantidade de energia necessária para elevar a temperatura de uma libra de água em um grau farenheit (hã?).

É claro que você não precisa ser físico ou nerd para comprar um aparelho de ar condicionado. Mas é sempre bom consultar: os sites dos fabricantes geralmente dispõem de calculadoras online que ajudam a escolher o melhor aparelho para seu ambiente, bastando informar a metragem quadrada do ambiente e quantas pessoas o utilizam.

As empresas que comercializam também dispõem de pessoal treinado para avaliar o seu ambiente e indicar o melhor produto de acordo com a sua necessidade.

Fatores como insolação do ambiente, se é casa ou apartamento, número de pessoas que utilizam, existência e tamanho de janelas influem no cálculo de BTUs necessárias e a eficiência do aparelho depende do cálculo correto. Portanto, não é apenas uma questão de escolher o melhor preço, certo?

Um exemplo: para uma sala de 25 m2 usada por 4 pessoas (uma sala de estar comum), são necessários em torno de 17500 BTUs. Portanto, a sua escolha deverá recair sobre aparelhos com potência acima de 18000 BTUs, se quiser uma sala bem climatizada.

A importância de calcular os BTUs adequados não pára por aí: sem considerar isso, pode haver desconforto térmico (ambiente gelado demais, brrrrr, ou ineficiência do aparelho para "refrescar" o ambiente) e um grande desperdício de energia elétrica (coitado do seu bolso!).

Depois que você comprou e instalou o seu aparelho (sempre de acordo com as instruções do fabricante, é bom frisar), é fundamental saber usar para não tomar um susto na hora em que receber a fatura da energia elétrica.

As garantias dos fabricantes duram, em média, de 1 a 5 anos. Para valerem, é fundamental observar as instruções dos manuais, quanto à instalação e manutenção.

A manutenção adequada garante não só o bom funcionamento do produto, mas também a sua saúde, evitando a proliferação de fungos, bactérias e ácaros no ambiente.

Dicas Gerais:

  • Portas, janelas e outras entradas de ar devem ser mantidas fechadas enquanto o aparelho estiver em uso.
  • Adquira somente aparelhos que possuam o selo PROCEL, classe A ou B, garantindo assim economia de energia elétrica.
  • Instale o aparelho de forma que as saídas de ar não sejam obstruídas por móveis, cortinas e outros objetos.
  • Obedeça sempre as dimensões mínimas estabelecidas pelo fabricante para nichos e locais de instalação dos aparelhos.
  • Os filtros do ar condicionado devem ser mantidos limpos e serem substituídos sempre que necessário, assegurando a boa qualidade do ar e evitando a proliferação de doenças.
  • Nas ausências prolongadas (mais de 2 horas), desligue sempre o aparelho de ar condicionado.
  • Cortinas e persianas também devem ser fechadas, para evitar a entrada de calor excessivo através da insolação do ambiente. 
Há modelos variados: janela, parede, portáteis, split e central. No site eletrodomesticos fórum, você encontra um breve resumo de cada um e boas informações para complementar este post, como detalhes sobre ventoinhas, comando à distância, fluxo de ar, etc.

Fontes de pesquisa

Comentários

Recomendados para Você