terça-feira, fevereiro 08, 2011

OS VÁRIOS TIPOS DE COLA - PARTE I



(imagem: Hanna Barbera via The Blue Print Podcast)

Quem nunca precisou de uma colinha em casa?

Cola de contato, cola quente, cola lantejoula, cola madeira... fica até complicado enumerar os vários tipos de cola que existem no mercado hoje em dia.

Praticamente existe cola para tudo, até para pendurar quadros na parede.

Difícil também uma semana em que eu não receba um e-mail ou comentário sobre o tipo de cola que pode ser usado nas situações apresentadas nas postagens ou, simplesmente, nos casos de dúvidas.

Hoje em dia, até por ter se tornado popular e ser barata, a cola quente é a primeira opção das pessoas, mas o resultado muitas vezes, é uma decepção.

Por este motivo, resolvi elaborar um pequeno guia de bolso sobre a cola certa para cada caso e dar indicação de alguns produtos mais comuns.



(imagem: IQS Inc.)


Cola Quente - escolhi esta para começar, pois é dela o maior número de perguntas que recebo.

Formulada à base de resinas sintéticas e cera, a cola quente é versátil e gera uma fixação rápida e prática. É um produto ótimo para uso em pequenas montagens (como bijoux), peças de artesanato pequenas, trabalhos pequenos de marcenaria e alguns (bem poucos!) reparos domésticos.

A cola quente acabou por se tornar um produto versátil, usado inclusive às superfícies flexíveis e mais porosas, como o EVA, o tecido e o isopor. Porém, a aplicação nestas superfícies ou em grandes dimensões, com o tempo, pode apresentar descolamento.

Acredite, já vi até bainha de roupa feita com cola quente! Eu, particularmente, não recomendo o uso em qualquer tipo tecido, pois a alta temperatura pode danificá-lo e, com certeza, o processo de lavagem fará a cola se soltar. Além disso, o acabamento fica grosseiro.

Grande resistência não é o forte da cola quente. Portanto, para peças que suportem peso ou sofram tração não é a mais recomendada.

Há versões coloridas, prateadas e douradas, o que é bacana, já que o acabamento da cola quente dificilmente passa despercebido.



(imagem: acrilex)

Cola Pano - Um tipo de cola bem bacana que pode ser usada em tecidos à base de algodão. Você pode usar para unir partes e colar bainhas e passamanarias, por exemplo. Existem versões "super" (o fabricante garante maior resistência) e outras próprias para decoupagem em tecidos e impermeabilização. Alguns fabricantes: acrilex, gato preto, mercur e outros.

Este produto é bem resistente se utilizado de acordo com as instruções do fabricante. Há alguns anos, fiz as toalhas abaixo com trançado em fita e - com uma tremenda preguiça de costurar o bordado inglês na barra - usei a cola pano. O barrado nunca se soltou e a toalha é lavada à máquina sempre.


(imagem: acervo pessoal)

(imagem: acrilex)

Cola Jeans - sim ela existe! O fabricante orienta o seu uso para colar jeans e tecidos grossos, como a lona. Nunca usei, mas tenho uma amiga que trabalha com lonas grossas e faz uso dessa cola em diversas situações, garantindo que é boa.

Na barra da calça jeans? Funciona, sim, e também na de sarja.


(imagem: gato preto)

Cola Permanente: Essa cola dá um help sempre que você precisar manter um tecido esticado sobre alguma superfície e é bastante útil em várias técnicas de artesanato, como pintura em tecido, por exemplo.

Ufa, existem colas demais, para vários posts! No próximo post, volto com mais algumas. Fique de olho nesta sequência de posts, pois também vamos falar sobre o silicone, espuma de poliuretano, cola de contato, etc.

Comentários

Recomendados para Você