terça-feira, abril 05, 2011

DECORAÇÃO: OS MÓVEIS DE HENRIQUE LIBERAL



Adoro história, sempre gostei. História antiga, história do Brasil, história da arte, história do mobiliário e até histórias sobre as pessoas...

Há muitas histórias interessantes que envolvem o mundo da decoração e do design de interiores. Alguns exemplos: como surgiu o toile-de-jouy, que já contamos aqui no blog, os móveis egípcios e, claro, boa parte das histórias por trás dos estilos de mobiliário existentes. Aos poucos, conto algumas delas por aqui.

No Brasil, também temos histórias interessantes. E se hoje estou escrevendo sobre decoração e design aqui no Cores da Casa, devemos isso a Henrique Liberal, considerado por muitos como o primeiro decorador brasileiro.

Para ter noção da importância de Henrique Liberal (1899-1948), as decorações do Copacabana Palace, do Palácio Guanabara e de famílias influentes como os Guinle e Matarazzo, foram idealizadas por ele, que repensou o conceito dos ambientes de acordo com a sua utilização.

Parece incrível, nas na época, muitos ainda usavam a sala de visitas como uma sala de festas, somente em dias especiais.

Infelizmente, a internet tem pouquíssimas referências sobre esse personagem tão importante da história do mobiliário brasileiro. Fotos, então, aff!!! Uma pena!!!

Influência do movimento modernista, em 1930, surgiram os primeiros móveis modernos brasileiros. Contudo, as famílias mais abastadas e tradicionais ainda faziam questão de ter em suas casas o clássico europeu.

Henrique Liberal era proprietário de uma empresa que executava cópias deste mobiliário clássico - francês, sobretudo, seu preferido. Marcenaria esmerada, riqueza de detalhes e finíssimo acabamento eram a marca registrada.

Nas duas míseras fotos que consegui, vocês podem ver a riqueza do mobiliário de Liberal. São duas mesas, uma com marchetaria e outra com base no estilo inglês.






Comentários

Recomendados para Você