terça-feira, novembro 29, 2011

DECORAÇÃO: REVESTIMENTOS ECOLÓGICOS SÃO TENDÊNCIA



Ambientes bonitos e, o melhor, sem agredir a natureza.

Pesquisando materiais sustentáveis e ecológicos para um projeto, encontrei algumas opções bem bacanas. A seguir, revestimentos que merecem sua atenção:


Tecido Ecológico e Reciclado



Esqueça aquele conceito (ultrapassado!!!!) de que lona reciclada é algo assim como uma "lona de caminhão no meio da sua decoração". Arabescos, listras e florais são apenas algumas das opções. 

Garrafas pet usadas, sobras do processo de fiação e aparas de tecidos descartados em confecções.  A reciclagem dessas peças prevê o aproveitamento das cores naturais das fibras. Nada de corantes e produtos químicos para tingir os fios. (Imagem: Tecido Ecosimple da Ferrovia Lonas). Amei!!!!!



Laminado de Fibra de Bananeira


Uma placa laminada composta de fibra de bananeira e resina biodegradável de origem vegetal são os materiais do painel verde na foto. Usando apenas corantes com base mineral, as lâminas tem espessura de 1 mm e são adequadas ao revestimento de várias superfícies. (Imagem: Lavabo revestido com Bananaplac comercializado pela Lieto Fine.


Pastilhados de Maçã


A base dos pastilhados de macieira é formada pelas sobras dos galhos, nas podas dos pomares de maçã na região de Palmas/PR. Além disso, a produção promove a inclusão social de pessoas na melhor idade. (Imagem: Pastilhado de Macieira, da Seivarte).


Pastilhados de Bambu


O bambu tem crescimento rápido, alta resistência, flexibilidade e é tido como a alternativa natural para a substituição da madeira. Cada vez mais empregado na arquitetura, é destaque em obras como o Aeroporto de Barajas (Madri).

Além de todas essas características, o pastilhado de bambu é muito bonito, combinando diversas tonalidades, que são obtidas através de um processo de carbonização, sem o uso de corantes. Pode ser aplicado em diversas superfícies. (Imagem: Pastilhado de Bambu, Tiva Design).

Pastilhas de Côco



O super bacana desse revestimento, na minha opinião, é que emprega um material que já cumpriu a sua função na natureza. 

Resistente naturalmente à decomposição e aos atritos, o côco em pastilhas é um revestimento muito bonito e que, ainda, tem apelo tátil, podendo ser explorado em projetos que tenham a acessibilidade como uma premissa, em especial nos casos de deficiência visual. (Imagem: Pastilha de Côco da Ekobe).

Comentários

Recomendados para Você