terça-feira, dezembro 13, 2011

DECORAÇÃO DE NATAL: PRÁTICA E RÁPIDA



Finalmente, comecei a retirar os enfeites de Natal do armário. Dias corridos e muita coisa para fazer "atrasaram" esta tarefa.

A árvore ainda não está montada e nem as luzes instaladas, mas já ficou tudo com uma carinha de Papai Noel chegando. Ah, mas antes perdoem as fotos feitas com celular.


Apesar de muito prometer trocar os enfeites dessa guirlanda que fiz, ainda continuo com dó, pois amo de montão as poinsettias de veludo e a fita estampada. Cerejas, pinhas, muito dourado e prateado para receber quem chega.


Sobre a porta, um cordão dourado, bem antiguinho. Na verdade, além do "Merry Christmas" ele tinha ainda o "Happy 2000", que foi tirado para que eu pudesse reaproveitá-lo nos anos seguintes. Viu como é antigo?


Adoro praticidade. Embora as árvores tradicionais sejam lindas, com seus inúmeros enfeites, laços e bolas, nem  todas as pessoas dispõem de tempo (ou querem gastá-lo) no processo de montar, desmontar, embalar e desembalar que as árvores tradicionais e seus numerosos enfeites consomem. Pois bem, sou uma dessas pessoas. Adoro as árvores cônicas, as de arame (como essa da foto) e tudo que seja "instantâneo". A árvore pequena de arame e glitter fica no hall de entrada. Nada pomposo e exagerado, afinal, meu vizinho não é obrigado a gostar do mesmo que eu.


Quem disse que homem não curte decoração? Curte sim! A prova disso é que o trenzinho de madeira foi comprado pelo maridão (sozinho!!!) na Alemanha. Bateu o olho e amou, segundo ele. Duro é convencer as crianças que o trenzinho não precisa rodar pela casa inteira, rsrs.



Pois é, não sou católica e historicamente o nascimento de Cristo não se deu em 25 de dezembro. Mas mesmo assim, me rendi à tradição, especialmente depois que minha avó disse que "presépio é ótimo para crianças". Sem o exagero da minha tia Adélia que deixava os filhotes montarem presépio com areia no meio da sala de estar, escolhi essa pequena peça vintage, em porcelana, com carinha de bibelô de avó para seguir a tradição do presépio. Prática também, entra e sai da caixa rapidamente.



Enfeite de árvore pode ter um destino diferente: maçanetas. Minha filha adora enfeitá-las com pingentes de árvore de Natal. Confesso que achei muito prática a ideia e dou o maior apoio.


A quantidade de composições que você pode criar com algumas bolas e cordões de Natal é enorme. Por isso, quando vejo alguma bola diferente e bonita, compro. Baratinhas, basta colocar em um recepiente qualquer e você tem um arranjo de Natal.

Por fim, a guirlanda que fica em outra porta de entrada. Para esta, escolhi o prata e o azul, para comemorar o Chanukah (este ano, vai de 20 a 28/dez), a festa das luzes. Uma forma singela de homenagear as origens e a diversidade religiosa dos antepassados que não conheci, mas que fazem parte da minha história: judeus, evangélicos, cristãos convertidos, kardecistas e messiânicos.

Afinal, a celebração do amor não pode ser marcada pela intolerância, não é?

Comentários

Recomendados para Você