sexta-feira, janeiro 27, 2012

Você sabe o espaço que ocupa?



Peter Neufert(*), se fosse vivo, ficaria arrepiado ao ler "reserve para a circulação 50 ou 60 centímetros". 

Fico pasma com a quantidade de pessoas que passa essa informação adiante como se passasse receita de bolo, pouco se importando com a sua qualidade - ou veracidade. 

Para garantir uma boa circulação é necessário, além de medir os ambientes e os objetos, conhecer os espaços que ocupamos. 



Imagem extraída do livro A Arte de Projetar em Arquitetura, de Neufert.

Quando estamos parados usamos, no mínimo, 62,5 cm. Em movimento, o ideal é acrescentarmos 10%, resultando em, no mínimo, 68,25 cm. Lembrando que isso não vale para obesos, pessoas em cadeiras de rodas, etc.

Pode-se até dizer "ah, 8 centímetros não fazem diferença". Quem realmente trabalha com projetos e design, sabe que faz sim.

Tem mais: movimentos simples do cotidiano como abaixar para recolher um objeto no chão, curvar-se sobre uma mesa, pegar um objeto no alto ou, simplesmente, abrir os braços, também demandam espaço, como demonstra essa ilustração:


Portanto, reservar apenas 60 cm para circulação pode resultar até mesmo na impossibilidade de usar o ambiente (por exemplo: para um bom banho você precisa de, no mínimo, 70 cm). 

Uma dica para acertar é medir. Simule os movimentos que você fará naquele ambiente tais como abrir e fechar armários e gavetas, sentar, dar banho em uma criança, cozinhar, abrir a porta da geladeira e do forno... Anote as medidas em um papel e considere-as na hora de escolher os móveis.

Em todos os cursos de design de interiores e arquitetura, há uma disciplina chamada ergonomia, que aborda todos esses estudos de forma aprofundada. Se não fosse importante, não faria parte da grade curricular, não é?



(*) Peter Neufert (1925-1999), arquiteto alemão, é autor de uma das obras mais importantes no estudo da Arquitetura e Design de Interiores, chamada A Arte de Projetar em Arquitetura. Era filho de Ernst Neufert,   assistente de Walter Gropius, fundador da Bauhaus. 





Comentários

Recomendados para Você