sábado, fevereiro 11, 2012

DECORAÇÃO: A DIFERENÇA ENTRE VIDRO E CRISTAL




Você sabe qual a diferença entre vidro e cristal? 

Atualmente, fica cada vez mais difícil distinguir as peças em cristal daquelas de vidro comum. Mas nesse post, você vai entender a diferença:

O cristal das taças, copos e lustres, apesar do nome, não tem associação com aquele cristal das rochas, mineral, comumente encontrado em jóias, por exemplo.

Na verdade, o processo de produção das peças em vidro e cristal basicamente  é o mesmo. O que diferencia é que nos cristais o teor de chumbo é maior, o que promove o característico som do retinir das taças.

E é justamente a quantidade do chumbo (na verdade, óxido de chumbo) que permite a classificação dos cristais em uma escala de nobreza. Os cristais mais nobres tem, em geral, de 24 a 30% de chumbo, além de quartzo. Essa característica garante a transparência e brilho característicos da peça.

Para identificar o cristal, além desse fator, você pode fazer testes simples: as peças de cristal tem paredes bem mais finas e lisas do que as peças de vidro. São, portanto, mais leves.

Outro teste (mas faça com cuidado!!!) é tocar a peça com o dedo (dobre o dedo e bata de leve na peça). Se produzir um som musical, é cristal. 

Na foto, lustres em cristal da Lasvit. Vale visitar o site para apreciar os trabalhos em cristal e vidro. Muitos deles são verdadeiras obras de arte expostas nos hotéis mais luxuosos do mundo.

Comentários

Recomendados para Você