terça-feira, abril 16, 2013

Decoração - Shabby Chic - 12 salas



Continuando a nossa semana Shabby Chic, hoje é a vez de falarmos das salas nesse estilo.

O Shabby é um estilo que tem um traço feminino bem marcante e é fato que a decoração deve refletir todos os moradores da casa. 

Por isso, é mais comum vermos releituras ao invés do estilo puro e a mescla de peças shabby chic, criando ambientes mais ecléticos. Alguns exemplos:


Os estilos cottage e coastal (falarei deles em outro post) se confundem muito com o shabby. A diferença, contudo, é que os dois primeiros criam ambientes mais descontraídos, ao contrário do shabby, que sempre tem aquele toque de elegância. Para mim, o ambiente da foto acima segue mais essa linha cottage e coastal. Porém, note que a mesa é uma peça vintage e desgastada (características do shabby chic).




Os estofados com capas e linhas mais rebuscadas são a cara do shabby. Mas são difíceis de trabalhar porque tem uma carinha muito feminina. O sofá acima ganhou uma capa mais "enxuta" e um visual mais limpo. Além disso, as peças luxuosas (espelho, console, lustres e objetos) aparecem ao lado da poltrona desgastada. Nessa releitura do shabby, a cadeira Barcelona aparece, deixando o ambiente atual e contemporâneo.


O sofá ao fundo, as poltronas e a mesa tem inspiração shabby. O ambiente é super atual também, mesclando estampas florais maioress às tradicionais padronagens florais do shabby.


Com exceção da estante de livros ao fundo, todos os móveis desse ambiente simbolizam ao shabby: peças vintage, de estilo e com várias camadas de pintura. As peças de vidro também dão um ar sofisticado ao ambiente. 

Mas observe que detalhes como o rústico dos castiçais e da escultura de parede dão "peso", tirando a carinha feminina do shabby. O mesmo vale para a estampa geométrica e para o turquesa do pufe.


Em um apartamento, por exemplo, a mescla de estilos e objetos shabby compõe ambientes mais modernos e uma decoração mais neutra para homens e mulheres.



O rococó (presente no detalhe acima da lareira) aparece com frequência em ambientes shabby chic, especialmente em lustres e outros objetos decorativos.



Acima e abaixo, dois ambientes shabby puros. O detalhe de requinte aparece  nos lustres e no papel de parede.



Unir elementos shabby a peças bem rústicas é uma das saídas para não deixar o ambiente com cara de mocinha.

Apesar do shabby chic privilegiar os tons claros como o branco e o crú, nas propostas mais atuais ele aparece com tons neutros como o cinza, o fendi e alguns tons de bege e marrom, o que ajuda a dar profundidade e personalidade aos ambientes. Acima e abaixo dois ângulos do mesmo ambiente.



O piso de madeira aparece com frequência em ambientes shabby, tanto com um aspecto mais lavado como o da foto, como em versões mais nobres. 



imagens via

Comentários

Recomendados para Você