sexta-feira, maio 10, 2013

Só funcionou na foto: baleiro de pet



Hoje o assunto é: vale a pena reciclar pet? Afinal, se há uma coisa que invadiu a internet, foram as fotos de objetos feitos com reciclagem de garrafa pet.

Já disse no post sobre os móveis de pallet que o objetivo dessa série de posts não é "dar o contra" nos trabalhos de reciclagem e faça você mesmo. 

É  estimular uma reflexão antes de reciclar e evitar produzir peças e objetos que não são duráveis ou úteis a longo prazo. 


Um exemplo simples de reciclagem com pet:




Se você fizer essa análise com todos os produtos de pet, chegará à conclusão de que alguns só valem a pena se você tiver tudo em casa e não precisar comprar nada. Acabamentos cheios de frufru e detalhes encarecem mais ainda o processo. 

Além disso, você precisará ficar com essa peça ao menos seis meses. Será que aguenta ou será seduzida pelos modelos mais bonitos ou mais práticos à venda nas lojas?


Uma outra peça que rodou (e seduziu) muita gente foi essa:


Olha o capricho: pintura bem feita, glitter, aplicações... Se dúvida, um trabalho feito com cuidado e carinho, que demandou tempo e dinheiro. Ainda mais se contarmos que partiu disso aqui:



7 garrafas pet
1 disco de vinil
1 pedaço de madeira
cola
tinta
aplicações

Parece fácil e simples, mas não é. Você tem tudo isso em casa agora?

As lojas oferecem alternativas a partir de R$ 3,00, em papelão reciclável e desmontável. 

Sim, é preciso falar disso, porque a peça de pet acima uma vez colada, não pode ser descolada e precisará de espaço para ser guardada. 

Já o suporte abaixo é totalmente desencaixado e guardado em um saquinho plástico, dentro de qualquer gaveta.







Então, recicle sim. Mas o faça de forma consciente:

  • calcule quanto vai gastar para produzir o objeto a partir de reciclagem
  • analise o tempo que demanda
  • tenha em mente que aquele objeto deverá ser durável o maior tempo possível para valer a pena
  • evite ao máximo gastar dinheiro e empregar novos recursos no reúso
  • compare com outros produtos e objetos que tenham a mesma facilidade e analise se você tem espaço para acondicionar, se a rotina de limpeza é prática, se o objeto resiste ao dia-a-dia


É bom saber que: 

  • a indústria têxtil é a maior usuária dos insumos produzidos a partir da reciclagem de pet
  • os insumos de pet também são usados para a produção de tintas, automóveis, celulares e até na construção civil
  • segundo a ABIPET, a reciclagem de pet gera inúmeros postos de emprego e tem um crescimento anual em mais de 11%
  • Aqui você vê o lugar mais próximo de sua casa para destinar adequadamente as embalagens de pet.



Crédito das imagens:

Suporte de pet, não encontrei, quem souber, me passe

Comentários

Recomendados para Você