sexta-feira, dezembro 20, 2013

Organização: Usando os sacos a vácuo









Oba, hoje vamos falar de organização de armários!

Vou começar falando de uma característica peculiar às mulheres: juntamos muito de tudo. Roupa, sapato, bolsa, make... 

Ao contrário do marido, que atingiu o nível de evolução "compra uma calça nova, doa a velha", nós vamos sempre acrescendo ao guarda-roupas, não é? 

Resultado: ocupamos mesmo mais espaço no armário. 

Uma das coisas mais eficientes para acondicionar tudo sem deixar as roupas amassadas é ocupar o espaço do armário dos filhos fazer um rodízio com as roupas nas estações de inverno e verão. 

Resumindo: no inverno mando para as partes mais altas e o fundo do armário os casacos, blusas de la, cachecóis, etc. Ficam mais acessiveis as bermudas, vestidos, saias e outras roupas típicas da estação. E inverto esse processo no verão.

Gosto de fazer isso em caixas plásticas enormes, com tampa, a roupa fica dobradinha lá dentro e fácil de pegar, caso seja necessário. 

Mas e sempre tem um mas a caixa tem incovenientes: é mais cara, especialmente as grandes, e ocupa mais espaço dentro do armário. 

Aí, sobram os sacos a vácuo. Para dizer a verdade, nunca me animei muito com eles, foi o marido quem apareceu com vários, de várias marcas e tamanhos, para facilitar na arrumação da mala de uma viagem longa a trabalho. 

Depois de usar os vários tipos, vou mostrar a foto de um deles - o que achei mais eficiente - e contar o que achei, tá?



As roupas que guardei neste saco eram casacos e blazers de lã, bem volumosos. Atenção: tem roupas que só podem ser guardadas penduradas, esse não era o caso. 




A marca do saco que escolhi foi o Space Bag. 

A diferença dele para alguns modelos é essa válvula abaixo. Os outros não têm essa abertura, você retirará o ar pela mesma abertura que coloca as roupas e o processo não é tão eficiente. 


Na válvula, o space bag ainda tem esse plástico/borracha azul sobre a abertura, que você levantará para conectar o aspirador e "sugar" o ar.


Além das instruções na caixa, o saco vem com as instruções impressas e é tudo muito simples e fácil de usar.


Depois de colocar as roupitchas lá dentro do saco, você fecha a abertura (o processo é o mesmo do zip loc, aqueles saquinhos para cozinha) que tem um fecho com sistema zip. 

Repare como o saco está fofinho. 


Levanta a borrachinha, encaixa o bocal do aspirador e suga o ar. 



E aí quando o saco estiver bem durinho e murcho (parecendo a batata vapza \o/), você desliga o aspirador e fecha a tampinha da válvula. 





E guarda!



O que eu achei?

  • Independentemente do saco murchar ou não, o fato de você colocar as roupas em um saco com fecho já ajuda a organizar e ocupar menos espaço no armário. 
  • Depois de um tempo, o saco "estufa" novamente. O saco da marca Space Bag demora um pouco mais, mas o que não tem sistema de abertura estufa em poucas horas. Para ambos, se quiser compactar novamente, é preciso repetir o processo de retirar o ar com o aspirador. 
  • Não é prático se você quiser retirar uma roupa para usar e voltar a guardar no saco. É para coisas que ficarão guardadas e sem uso por um tempo, mesmo!
  • O saco transparente facilita a identificação visual do seu conteúdo. 
  • Existem sacos e combos de sacos em vários formatos e preços, precisa pesquisar bastante antes de comprar.


Financeiramente, o saco a vácuo que compensa o preço é o Space Bag mesmo, mas ele não é imprescindível na sua organização de armários. O saco sem válvula voltou a estufar assim que terminei de fechar e retirar o ar. 

Para colocar na mala, qualquer um deles é ótimo, porque você reduz o volume, coloca na mala e a fecha. Quando voltar a estufar, serão limitados pelo espaço interno da mala. 

Já em casa, sacos grandes e outros organizadores em TNT ou plástico ajudam da mesma forma e podem ser mais em conta. Um exemplo é o reaproveitamento das embalagens que vêm em lençóis e edredons. 





Se você está procurando dicas de organização para o lar, veja também:




Comentários

Recomendados para Você