sexta-feira, janeiro 10, 2014

Decoração: Móveis com Palhinha






Amados por alguns, detestado por outros. Mas se há algum móvel que acho que tem a cara do Brasil é um móvel com detalhe em palhinha.

Muito popular nos anos 50 e 60, os móveis com detalhes em palhinha foram imortalizados e apareceram na sua forma mais bonita e elegante no design das cadeiras de Joaquim Tenreiro. O modelo acima, de 1960, é uma obra de arte, em madeira caviona curvada e pernas torneadas. 



Aqui, a palhinha aparece neste ambiente decorado por Rosane Hinnah Dulinski, fazendo bonito na sala de jantar. (Zero Hora)

Os móveis com detalhes em palhinha foram tão populares que fez-se necessário criar um novo ofício: o de empalhador. A palhinha de fibra natural não era muito resistente e, além disso, os cuidados necessários não eram lá muito dominados pelos seus proprietários. 

Talvez por esse motivo, os móveis com palhinha acabaram praticamente desaparendo, sendo resgatados vez ou outras em algumas mostras de decoração ou por amantes do design. 

As cadeiras de Joaquim Tenreiro, em jacarandá da Bahia e palhinha, também continuam em alta. O par abaixo foi arrematado por R$ 6.000,00, em 2009. (Bolsa de Arte do RJ).






Fato é que nos últimos anos ficou mais fácil ter um móvel em palhinha, graças à praticidade das fibras sintéticas. Minha mãe tem um par de namoradeiras há mais de 15 anos e estão perfeitas. 

Ainda é possível encontrar empalhadores. Por isso, você não deve se desfazer se tiver uma preciosidade dessas.

Com um pouco de habilidade você mesmo pode empalhar as suas cadeiras, veja aqui como fazer.

Veja um antigo projeto que fiz, para uma sala de jantar com cadeiras de palhinha, que retrata a tendência de uso atual: compondo com peças mais contemporâneas. 

Relevem a qualidade da imagem, tá? Fotografei o projeto impresso na própria pasta, rs. 





Comentários

Recomendados para Você