sexta-feira, agosto 15, 2014

Organização da casa: Quando é hora de trocar? Da esponja à escova de dentes, tudo tem prazo de validade.






Amélia - a minha lava-louças, melhor amiga e fiel escudeira - dá sinais de que logo não estará mais entre nós. Já passou por uma ressuscitação há um ano e meio e, na época, o técnico me disse que ela aguentaria de oito meses a um ano, com sorte. 

Isso porque Amélia, embora tenha uma carinha muito parecida com as das moçoilas que estão nas lojas, é um modelo fora de linha. Na ocasião de sua última cirurgia, o reparo só foi possível e viável economicamente porque foi feito através da seguradora (o custo foi somente o da peça, 350 reais). Na assistência técnica, o conserto chegava aos oitocentos reais (80% do valor de uma nova).

São 5 anos de trabalho escravo. Sim, eu confesso, Amélia nunca descansou. Muitas e muitas vezes, após me entregar a louça limpinha, seca e cheirosa, eu já a botava para trabalhar de novo, sem descanso. Na casa nova, a vida de Amélia piorou: finais de semana de casa sempre cheia e muita louça. 

Ela não resistiu e começou a entregar os pontos. Anteontem parou de girar as suas hélices. O técnico não foi promissor em sua visita, ficou de avisar caso encontrasse a peça para troca e só então poderá dar um orçamento. 

Quando nos encontramos diante de uma situação dessas, sempre ficamos na dúvida se vale a pena arrumar ou partir para um novo equipamento. 

Você sabe quando é hora de trocar o shampoo, certo? Quando ele acaba. Mas e outros itens da sua casa, como eletrodomésticos, lâmpadas e até a esponja de lavar louças?

Manter um colchão desgastado pode prejudicar a sua saúde... Um travesseiro com prazo de validade vencido pode ser uma moradia de ácaros. A esponja de sua cozinha pode estar distribuindo bactérias pela louça ao invés de lavá-la. Socorro!

Veja a seguir quando é hora de trocar as coisas mais comuns da casa:


  1. Esponjas - semanalmente. Não adianta lavar, esterilizar ou cozinhar no microondas. Após uma semana, as esponjas começam a liberar os resíduos. Mesmo no prazo de validade, é aconselhável evitar os porta-esponjas que facilitam o acúmulo de água. 
  2. Travesseiro - trocar, no máximo, a cada dois anos. Estima-se que após seis meses de uso, metade do peso de um travesseiro sejam ácaros. Manter uma rotina de limpeza adequada (veja instruções na etiqueta) e trocá-lo com frequência evita o aparecimento de doenças alérgicas. 
  3. Colchão - deformações, rasgos, tecido sujo, trepidação, ruídos e outros sintomas de desconforto indicam a hora de trocar o colchão. Em geral, a vida útil do colchão é, em média, de 5 anos.
  4. Lâmpadas - não é preciso esperar queimar para trocar. Faíscas, mau contato, escurecimento e perda da eficiência são motivos suficientes para você trocar imediatamente as suas lâmpadas e economizar energia. O meio ambiente e o bolso agradecem.
  5. Geladeira - sim, ela também dá sinais de cansaço e um deles é o aumento do consumo de energia elétrica. A perda da capacidade de refrigeração é outro sintoma. A maioria dos modelos resiste bem até os 10 anos e alguns modelos podem estender esse prazo até 12 ou 13 anos. Porém, vale pesquisar periodicamente pelas novidades que chegam às lojas com menor consumo de energia. 
  6. Lava-louças e Lava-roupas - Cinco anos é o tempo que o técnico informou durar uma lava-louças e também a lava-roupas. Além disso, a marca, os tipos de defeitos apresentados, a facilidade de encontrar peças de reposição e também se o produto ainda continua em fabricação ajudam na decisão de manter ou não o produto. Claro que em condições de trabalho escravo e poucos cuidados, a vida útil dos aparelhos pode diminuir.
  7. Panelas antiaderentes - opacidade, manchas e revestimento soltando são indicadores de que a panela deve ser trocada com urgência. As substâncias liberadas são tóxicas. 
  8. Vassouras e escovas de dentes - por indicação da minha dentista, as duas devem ser trocadas assim que as suas cerdas começarem a se separar.



Agora que você já sabe quando é hora de trocar o travesseiro, veja estas dicas para escolher o modelo ideal.

Móveis são itens que resistem por muito tempo e não têm prazo de validade, podem ser repaginados muitas e muitas vezes. Veja como transformar os móveis de fibra natural

Comentários

Recomendados para Você