quarta-feira, janeiro 14, 2015

Decoração: Cacto, planta para interiores e exteriores



foto: acervo pessoal

Este cacto "esparramado" que aparece na foto era uma mudinha de 10 centímetros que ganhei há alguns meses e ainda não sei se trata-se de um cacto-porco-espinho ou xique-xique. 

Para ser bem sincera, o vaso vê água quando chove ou somente é regado nas estiagens mais prolongadas. Não sigo uma rotina de muitos cuidados. 

Mesmo assim a turminha toda de cactos e suculentas se desenvolveu muito além do esperado e começo a estudar uma forma de aproveitá-lo melhor. 

Não me atenho muito à nomenclatura das espécies. Geralmente, as mudas vêm trazidas por amigos ou parentes, bem pequeninas, e gosto da surpresa de vê-las se desenvolver e florir para posteriormente identificá-las.  

Cultivar cactos é muito simples, uma boa luminosidade garante o seu desenvolvimento e sem exageros nas regas, a planta se desenvolve muito bem, adaptando-se a ambientes internos e externos. 

Veja algumas ideias para usar a planta dentro e fora de casa: 


Cactos permitem várias composições: agrupados em um vaso grande ou isolados. Como não precisam de muitas regas, escolher vaso e cachepot torna-se uma tarefa mais fácil. 

A composição com vasos quadrados e coloridos privilegia a simetria, inclusive na escolha das espécies. 

Cactos pequenos custam a partir de 3 reais. Uma boa dica é cultivá-los em potinhos e xícaras antigas.  





Colorida e despojada, a sala recebeu cactos adultos em vasos coloridos e grandes. Apesar de ser uma planta adequada também para cultivo interno, é preciso garantir luminosidade para que ela se desenvolva. 

Em ambientes que recebem pouca luz, é necessário expor a planta algumas horas ao dia à luz natural. Um suporte de rodinhas pode ajudar na tarefa de mudar o vaso de lugar para esse fim. 





Outra ideia simples, econômica e sustentável para usar os cactos na decoração é usar vasos de barro dispostos em uma "plataforma" criada com um pallet. Junto à porta, a luminosidade necessária para seu desenvolvimento é garantida. 





Apesar de termos um clima que propicia o uso dos cactos em projetos paisagísticos, ainda é muito difícil vê-los em jardins, pois muitas pessoas os associam às secas e à falta de água, já que é uma planta frequentemente encontrada no sertão nordestino.  

Porém, muitas espécies de cactos são arbustivas e ideais para formar maciços e cercas vivas defensivas. Combinados a outras espécies, criam cenários muito agradáveis, que podem, também, privilegiar as linhas arquitetônicas de um projeto. 





Aproveite a sua visita e conheça um pouco mais sobre o estilo pueblo, que privilegia bastante o uso de cactos e suculentas no paisagismo.


Comentários

Recomendados para Você