quinta-feira, julho 23, 2015

Decoração - Cromoterapia: os efeitos da cor preta



Com toda a franqueza do mundo: eu adoro a cor preta. Seja em roupas, móveis ou objetos, é uma cor que faz parte do meu dia-a-dia. 

Associo-a à proteção, sobriedade e respeito. De forma alguma a vejo como uma cor capaz de exercer influências negativas, levar à depressão ou propiciar isolamento.  

Para comprovar, aqui está meu escritório (de onde, entre outras atividades, também escrevo o blog):


Tem muito da cor preta aqui em casa. Também no lavabo, na sala e no quarto do filho. Acredito muito no  efeito protetor e de isolar as energias negativas que a cor preta tem.

A cor preta também é poderosa para afastar aqueles sentimentos negativos, como a inveja, por exemplo. 

Cabe a você decidir se usará ou não essa cor na decoração da sua casa. Veja algumas dicas que facilitam usá-lo. 

Paredes na cor preta: Não é muito fácil escolher a cor preta para as paredes. O resultado fica mais bonito se o ambiente tiver uma boa luminosidade e pisos claros. 

Criar um contraste com os móveis próximos também ajuda. E quando pensar em pintar as paredes com esta tonalidade, não tenha dúvidas, opte pelo acabamento fosco, que ajudará a disfarçar as imperfeições da superfície.



Móveis na cor preta: há algo de majestoso e contemporâneo nos móveis da cor preta. E você também ouvirá centenas de comentários de que o preto "mostra o pó e a marca dos dedos", o que não deixa de ser uma verdade parcial. 

Por isso, aproveite os variados acabamentos e invista nas madeiras ebanizadas e laminados texturizados como uma alternativa à laca brilhante. A composição com outras madeiras deixa tudo mais leve também. 





Objetos e acessórios de decoração são ainda o jeito mais fácil e econômico de inserir a cor em seus ambientes, até mesmo com a possibilidade de adotar outros tons no restante. Vale lembrar que o preto em têxteis pode vir suavizado com o uso de estampas, bordados e composês.





Aproveite e veja também: 










Comentários

Recomendados para Você